11 de junho de 2010

QUAL É A SUA DIFICULDADE?




Pense em todos os homens e mulheres ao longo da história que se distinguiram quando venceram dificuldades aparentemente insuperáveis. Tiveram de lutar muito mais para superar seus obstáculos, mas foi o que os tornou mais fortes. Em vez de se queixarem que a vida lhes entregara “limões”, essas fizeram “limonadas”, e foi justamente por conta de suas supostas deficiências que chegaram aonde chegaram.

Beethoven estava totalmente surdo, quando compôs algumas de suas mais belas peças musicais, assim como Thomas Edison, quando inventou o fonógrafo. Alexandre, o Grande, era corcunda e Homero era um menestrel cego. Renoir pintou algumas de suas mais belas obras quando seus dedos estavam de tal forma retorcidos pelo reumatismo que os pincéis tinham de ser atados às suas mãos. Handel tinha seu lado direito paralisado quando compôs sua maior obra, o “Coro Aleluia”!

Muitas vezes, as pessoas que têm de superar dificuldades são as que conseguem ajudar os outros a ter coragem e fé para vencer as suas. Seus exemplos de vida provam que é possível ser maior que situações aparentemente impossíveis.

Se Helen Keller não tivesse sido cega e surda desde a infância, jamais teria tido a oportunidade de se tornar a inspiração que foi e continua sendo para milhões nem poderia ter dito: “Graças a Deus pelas minhas deficiências, pois foi por elas que encontrei a mim mesma, o meu trabalho e o meu Deus.”

Booker T. Washington nasceu escravo e trabalhou nas minas de carvão e de sal antes de se tornar educador e porta-voz das causas afro-americanas, e fundador de uma faculdade para afro-americanos.

Jerome K. Jerome perdeu o pai aos 12 anos. Aos 14, teve de começar a trabalhar para sustentar a mãe e a irmã. A vida ficou ainda mais difícil com a morte da mãe, mas Jerome se tornou escritor, não de histórias tristes, mas de humor. E foi ele, cujo início de vida foi tão difícil, quem disse: “É com a luta, e não com a vitória, que nos tornamos fortes.”

Existem muitas vantagens em ter dificuldades e problemas! Se não fosse por eles, seríamos complacentes e ficaríamos vagando, sem a força de caráter que nasce quando superamos adversidades. A beleza que muitas vezes surge do sofrimento não teria a chance de brotar em nossas vidas. Não valorizaríamos nossos amados tanto, nem encontraríamos verdadeiros amigos naqueles que nos buscam em tempos de necessidade. Faltar-nos-ia compreensão ou compaixão dos outros que passam pelas mesmas coisas ou não saberíamos como ajudá-los.

4 comentários:

Pequenas palavras disse...

oi muito lido bloggg, amei, vi que tem uma bandeira de españa, e que coloca Alteia, acho qeu somos visinhas.rsd

Anônimo disse...

Muito bom este artigo. Parabéns

Anônimo disse...

nem preciso dizer que esse blog é uma bençao....é so ler essas mensagens que nossas tristezas vão embora...

trtiste disse...

amei,tudo lindo as mesagens,mais mesmo assim minha dor e tristeza ñ vai embora.

Postar um comentário

Sua opinião é importante. Deixe aqui o seu comentário, sugestão ou críticas, Obrigada

newer post older post Home