25 de janeiro de 2012

Aprenda a amar







Acredite ou não, antigamente, na construção de pontes, os
construtores primeiro empinavam uma pipa e a mandavam para
o outro lado do rio ou desfiladeiro sobre o qual a ponte se estenderia.
Alguém do outro lado pegava a pipa e amarrava uma linha
mais grossa na ponta da linha e quem quer que tivesse mandado
a pipa puxava a linha mais grossa de volta. O processo se repetia
várias vezes, usando fios, cordas e cabos, progressivamente mais
grossos e fortes. Por fim passavam cabos resistentes o suficiente
para transportar os trabalhadores, suas ferramentas e os materiais
de construção. E tudo começou com uma fina linha de pipa!
É assim que os hábitos, bons e maus, são formados. Adicione
uma linha a cada dia e logo não poderá mais quebrá-la. Comece
a desenvolver bons hábitos dando o primeiro passo, ainda que
pequeno, na direção certa. Depois continue, até criar uma rotina
que seja difícil quebrar.Amar é simples assim, faça cabos resistentes
todos os dias, entre pessoas difíceis , e logo estará amando!

2 comentários:

Antonio Batalha disse...

Olá chamo-me Antonio Batalha. Vim conhecer seu blog, dar-lhe os parabéns. Pois é muito bom, e gostaria de lhe deixar um convite: Ficava muito grato se fizesse parte dos meus amigos virtuais na Verdade que Liberta, decerto de volta irei retribuir. Obrigado e uma boa semana.

Murilo Cortez disse...

poxa, pena que vc parou de postar irmã! acho que já faz uns 6 anos que acompanho esse blog ! mesmo assim, não sei o que aconteceu para o término das postagens, deve ter tido seus motivos... mas mesmo assim que Deus te abençoe pelo trabalho que já foi feito antes, e que este trabalho continue alcançando vidas ( não tire o blog do ar, rsrs )
abs!

Postar um comentário

Sua opinião é importante. Deixe aqui o seu comentário, sugestão ou críticas, Obrigada

newer post older post Home